Maquiagem das Belas.

url('http://img5.imageshack.us/img5/3038/cabbb.png')

7 de mar de 2013

Minha luta contra a Tricotilomania


Olá, meninas! 

Hoje, como prometido, vim falar sobre a Tricotilomania!

Essa síndrome afeta mais pessoas do que se imagina e entre elas estou eu. =( 
Esse é um assunto doloroso pra mim e é a primeira vez que falo sobre ele dessa forma. Adquiri a síndrome aos 17 anos e até hoje luto contra ela. 

A síndrome consiste em arrancar os fios de cabelo quando se está nervosa, ansiosa e coisas do tipo.
Tem gente que arranca pelos de toda parte do corpo, mas eu arranco só na cabeça. Os casos mais graves são de pessoas que arrancam o cabelo e comem. Depois sofrem com problemas intestinais e precisam fazer cirurgia.

Já fui muito criticada por isso. Pessoas já me ofenderam falando que isso é "falta de vergonha na cara", "coisa de gente louca" e insultos que nem quero dizer. Ninguém precisa de ofensas e julgamentos, mas sim de ajuda profissional e de pessoas que não te coloquem para baixo.

Quando eu descobri o problema achava que mais ninguém tinha e que eu estava ficando louca mesmo. Até que um dia vi uma reportagem no Fantástico falando sobre isso e só ai fui entender o que estava acontecendo, o nome do problema e os motivos de ter desenvolvido essa síndrome.

Sou muito ansiosa! Não sou de falar quando alguém me magoa ou me deixa irritada. Guardar rancor e sentimentos ruins fez com que essa síndrome se tornasse a minha válvula de escape.
Já fiz tratamento com psiquiatra e com remédios, mas no meu caso não ajudou muito. Conversar e me distrair sempre resolveram mais!
Já estou há algum tempo "livre" dela, mas nunca sei quando vou ter outra recaída e tenho que me policiar pra não começar a arrancar cabelo de novo. Já cheguei a ficar com uma parte da cabeça completamente lisa e tendo que esconder dos outros. É constrangedor e muito doloroso falar sobre isso, mas é uma forma de ajudar quem sofre e acha que está sozinha. 


"Tricotilomania é um transtorno psicológico mais conhecida por seus sintomas do que pelo seu nome. Pessoas que sofrem desse distúrbio de controle de impulsos arrancam os fios de cabelo para controlar a ansiedade e o nervosismo. Algumas enrolam os fios no dedo para depois puxá-los. Nos casos mais graves acabam ficando calvas ou com grandes falhas no couro cabeludo. Em uma pesquisa cerca de 4% dos entrevistados relataram já ter arrancado cabelos em um momento de ansiedade"
As três causas mais comuns são:
Depressão nervosa
Transtorno obsessivo-compulsivo
Transtorno de ansiedade generalizada
Outros transtornos de ansiedade também podem ser fatores desencadeantes da doença, assim como distimia, uma forma mais leve de depressão. Está associada a baixa auto-estima, impulsividade e insegurança. Existe uma tendência genética a esse transtorno, relacionada a serotonina, que causa vulnerabilidade a transtornos de humor e ansiosos."

Se você sofre com isso ou conhece alguém que tem a síndrome, as recomendações são procurar um médico, desenvolver alguma atividade que te faça ficar com as mãos ocupadas e se policiar sempre!



1 comentários:

Marina Lorensini disse...

Adorei o post Alessandra!
Sabia da existencia dessa sindrome, mas nao sabia o nome.
Assuntos desse tipo sao realmente importante e eh sempre bom informar as leitoras do blog e quem mais se interessar!

Parabens e forca na sua luta!

Bjos