Maquiagem das Belas.

url('http://img5.imageshack.us/img5/3038/cabbb.png')

18 de dez de 2012

Tirando o visto americano. Minha experiência.





Olá Belas..como estão?

Bom hoje o post será um pouquinho diferente! Não será sobre maquiagem, nem sobre moda, não trará comprinhas, nem produtos testados! O post de hoje é sobre o visto americano. O tão sonhado e temido!!

Há alguns anos atrás (muitos) eu tirei o visto para ir para a Disney. Na época, meus pais se encarregaram de tudo e a minha única tarefa foi acompanhar na entrevista e ficar quieta! (Difícil né?!?!?! - kkkkkkkkkkkk)

Na metade desse ano resolvi tirar visto novamente! Sabem como é né?! Não sabia se eu ia viajar nas férias do trabalho (agora eu já sei que vou – tudo confirmado e dia 27 agora estou partindo para NY) e se daria para ir para fora do país. Ai eu pensei: “Bom..vou atras de tudo isso, caso de certo eu já fico com tudo encaminhado”. Vamos combinar né..a parte mais chata de pensar em ir para os EUA é ter que ir atrás de passaporte e visto...é tão chato e tão burocrático que, as vezes, a gente acaba até preferindo ficar aqui pelo Brasil mesmo!

Depois de pesquisar o que eu teria que fazer para entrar com um pedido de novo visto americano eu decidi ir em uma agencia de viagens para ter uma orientação (não estava disposta a fazer tudo errado, chegar lá no consulado e ter meu visto negado por culpa minha). Querendo ou não a moça da agencia é uma pessoa experiente que lida com isso sempre e consegue te tranquilizar.

Bom, resumindo...fui lá na agencia, a moça preencheu o bendito formulário para mim (formulário DS-160) e pagou a taxa no banco (essa taxa você tem que pagar para agendar as entrevistas e tals).
Assim que o pagamento foi confirmado pudemos marcar as entrevistas. Sim....AS ENTREVISTAS, não é mais uma entrevista como era antigamente. Agora são duas entrevistas...DUAS...D-U-A-S..deu pra entende??? Como se já não bastasse você ter que ir até São Paulo só para tirar o visto (e quem mora no interior do estado sabe do que eu to falando), ainda tem que ir e perder dois dias (e no meu caso tres, pois não consegui marcar em dias consecutivos).

Enfim, esses dois dias foram o principal motivo de eu querer escrever esse post no blog, pois assim como muita gente que eu conheço eu fui pesquisar sobre todo o processo, procurei dicas e tals, e não achei blogs muito atualizados (todos os que eu achei contavam experiencias das pessoas na época em que tudo era feito somente em um dia). Assim, resolvi contar a minha experiência.

Vamos lá, 

PRIMEIRO DIA:

Fui até o lugar indicado (CASV – Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto)
Lá no CASV você entra, eles conferem o seu agendamento, carimbam o papel, ai você sobre até o primeiro andar, cadastra suas digitais e tiram uma foto sua.
Lá foi rapidinho e eu sai antes do horário que estava marcado para mim. (marquei para as 10:45 a.m., acabei saindo as 10:30)

SEGUNDO E TEMIDO DIA:

Esse dia tende a ser o mais demorado.
É nesse dia que você pode ter seu visto negado e é nesse dia que você provavelmente irá sentir tudo (desde dores de barriga até um alívio imediato. Se você for ansiosa tanto quanto eu você vai sentir)
Cheguei no Consulado com 1 hora de antecedência.
Quando começaram a chamar pelo agendamento no meu horário (9:30 a.m) eu entrei.
Fiquei esperando em uma fila por mais ou menos meia hora.
Entrei no Consulado e fiquei esperando chamarem a minha senha (essa senha eles dão para você na entrada do consulado, quanto os fiscais que te orientam pegam seu passaporte e o papel do agendamento. Você entra no consulado somente com os documentos que você leva em mãos. O passaporte eles te entregam novamente lá dentro – o restante das coisas que você leva com você, como bolsa por exemplo, tem que deixar em guarda-volumes que tem aos montes do lado de fora do consulado)
Não deu nem 5 minutos e uma mulher chamou a minha senha....e ai eu fui para outra fila que me levaria as cabines de entrevista (medo!)
A fila ia diminuindo a medida que meu nervosismo aumentava!!!!
A fila andou, andou, andou....até que chegou a minha vez....e a mulherzinha que organizava pediu para que eu me dirigisse até a cabine 16. Parei na frente da cabine, olhei para frente para ver quem eu iria ter que enfrentar e era uma mulher, com uma cara de “ sou importante”, e nessa hora veio a voz do meu amigo me contando a experiencia dele (ele tinha tirado o visto no dia anterior): “Ai 99% do pessoal que estava lá teve o visto concedido. Mas, tinha uma mulherzinha lá que tava negando o visto de todo mundo!”. Ai você pergunta: fiquei nervosa?!?!?! LÓGICO!
E a mulherzinha tava lá..entrevistando uma outra mulher que não parava de mexer o pé (devia estar mais nervosa do que eu naquele momento), e a entrevista dela não acabava.
Chegou a minha vez!!!

AG: Agente consular
EU: eu mesma ok?!?!?

AG: Bom dia!
Eu: Bom dia!
AG pega meus passaporte (o atual e o antigo, com o visto vencido)
AG: Vai para onde?
Eu: Nova Iorque
AG: Com quem você vai?
Eu: Com minha irmã!
AG: sua irmã já tem visto?
Eu: Já. Em 2008 ela foi para o Canadá e por isso conseguiu o visto americano (han?!) - e mais uma vez eu me lembrei do meu amigo dizendo “fale somente o que ela perguntar. Não fale além”
AG: hammmm (e digitou alguma coisa lá no computador)
AG: Você trabalha?!
Nessa hora eu pensei: não pede minha carteira de trabalho porque eu perdi!
Eu: Sim
AG: Há quanto tempo?
Eu: Há um ano
AG: Hammmmm. E quem vai pagar a sua viagem??
Eu: Meu pai..
AG: O que seu pai faz:
Eu: Meu pai tem isso isso e isso.
AG: Hammmm
AG: OK...Vou te dar esse formulário (e me deu um formulário verde), talvez a gente precise entrar em contato por telefone mesmo para pegar algumas informações e finalizar o processo.
Eu: Tabom (e pensava..isso é um não ou é um sim?? Sai de lá sem saber) Obrigada.
AG: Tchau
Eu: tchau
e sai....

Na saída não tive que pagar taxa do correio como eu tinha lido que teria que pagar para que eles enviassem o meu passaporte para casa.

Minha entrevista foi no dia 16 de Agosto e depois de quase um mes meu visto chegou em casa. Ninguém ligou para pegar informações complementares nem nada do tipo. Foi um dos períodos mais tenso da minha vida, pois eu poderia receber o passaporte em casa com o visto negado.

É isso meninas.
Espero que tenham gostado das informações e que sejam úteis para vocês.
Até o próximo post!











0 comentários: